terça-feira, 26 de julho de 2011

Luta Diária

O vento ventava forte,
lembrei de outro dia,
onde eu passava em frente a uma casa
e ela se sacudia.

O telhado faltando telhas
e ali forte chovia.

Na casa moravam pessoas,
que nesses dias de ventania sofriam.

Mas quando o vento passava,
na casa era só alegria.

A família era unida,
lutavam bravamente,
viviam a vida
e tudo encaravam de frente.

Não tinham medo de nada,
A vida tornou-lhes assim,
aprendendo a viver todos os dias
como se fosse o fim.

Cairê Barcelos