quarta-feira, 5 de outubro de 2011

O ultimo momento

Me deixa viver, como se fosse meu ultimo momento.
 Não me proiba, só me deixa viver.

Junte-se  a mim, nessa aventura, e apenas se entregue,
feche seus olhos e sinta como eu sinto, viaje comigo,
e não deixe a realidade interferir.

Deixe seu corpo leve e sua imaginação fluir,tente
agir como um pássaro perdido, buscando sua
revoada, procurando em cada canto e em lugares
onde nunca se aventurou, e se aventure, e mergulhe
de cabeça, buscando encontrar algo que você ainda
não sabe o que é, mas no decorrer de sua procura,
vai descobrir que , o que você realmente procura
é a si mesmo, é a sua essência, o seu "EU".

Então deixe que a razão, perca sua própria razão,
em tentar compreender o que não à, para
compreender, é apenas vida, dando seguimento
ao seu curso, curso esse que por acidente, esbarrou
no meu momento, me dando a chance de viver,
apenas viver, e por isso, fiz meu convite a ti,
para junto comigo, buscar à nós mesmos, nos
lugares onde por nenhuma razão, não nos
encontraria-mos, em fim ficaria-mos perdidos,
 mas livres de nós mesmos.

Nós somos, nossas próprias prisões, mas a
nossa liberdade estará livre, a espera do ultimo
momento.



Autor: Cairê barcelos