domingo, 12 de janeiro de 2014

" NO PALCO DA MINHA VIDA "

 No palco da minha vida, eu sou o ator principal, as vezes sou um vilão cruel ou um mocinho apaixonado, que perde a noção do tempo quando sua amada está por perto. As vezes sou um mero figurante, como uma planta desenhada na parede respirando apenas o ar parado que se predomina poeira, ali intacto, apenas observando outros conduzir a sua vida. Por isso já não sei dizer se é real ou ilusão, se estou sendo verdadeiro ou apenas estou representando ou representado por mim no palco da minha vida. Tento destruir todas as expectativas frustradas reconstruindo um novo aspecto para que não precise mais representar à mim próprio, passando a viver a minha vida sem se importar se estou ou não representando. Não existe saída, para aquele que desiste de procurar a saída, pois só há vida, quando vivida, o contrario, não há.


Para aqueles que procuram os procurados. Para aqueles que lutam para serem encontrados. Para aqueles que ainda não acordaram e vivem adormecidos para não despertarem fantasmas do  passado. Peço-lhes que dê uma chance ao amor, e deixe que ele pulse nas suas veias servindo de combustível para rodar o mundo em busca daqueles que precisam desse amor. Nos ajude a tornar esse mundo melhor clicando nos Links abaixo:
Site - http://www.desaparecidosdobrasil.org/
Blog - http://desaparecidosdobrasi.blogspot.com.br/

Autor: Caire barcelos