quinta-feira, 27 de agosto de 2015

" REFLETINDO SOBRE O AMOR "

Queria poder me afastar de tudo e de todos, tentar me desconectar daqueles que me sobrecarregam com tudo roubando toda a energia do meu ser me impregnando com todos os seus negativismos achando que não me faço ser útil, me desdenhando. Queria poder entender um pouco dos meus sentimentos que as vezes são mais alheios do que propriamente meus. Queria apagar as lembranças ruins preservando somente as boas, No entanto, ambas são necessárias para o meu crescimento e entendimento para o que passou e o que ainda está por vir. Eu queria poder entender porque é que temos o livre arbítrio para tudo, menos para o amor, pois mesmo que você não o queira ele acontece, e ele vem com tanta força que abala toda a sua estrutura te deixando deslocado, é como se ele fosse um furacão que te suga para dentro dele te injetando pequenas doses de desejos incontroláveis que pouco à pouco te deixa sem norte rumo a loucura. Queria poder entender as razões desse amor que quanto mais você se entrega mais ele lhe causa dor. Talvez eu não tenha aprendido a amar, ou quem sabe a dor seja a forma que o amor encontrou de me mostrar que ele é uma soma de tudo, onde podemos confortar e ser confortado dando continuidade a vida, e com isso deixar que algumas pessoas possam ir, para que outras possam chegar. talvez o amor nos conheça mais do que nós a mesmos, talvez na sua eternidade ele venha nos conduzindo da sua maneira tentando nos ensinar a amar de todas as formas, de todas as maneiras, para que possamos nos adaptar a tudo e a todos como se fossemos um só Ser.



Autor: Caire barcelos