quarta-feira, 11 de maio de 2016

" FLORIPA, A ILHA DA MAGIA" ( no coração da minha floripa )

Aqui a vida flui entre os verdes verdejantes cultivados pela mãe natureza, a própria se encarrega de derramar suas lágrimas de alegria por todo o coração da minha floripa. Dela nascem as nascentes que irrigam e sustentam todo o berço ecológico gerando vida de todas as formas e gêneros. Para a mãe natureza não existe distinção, ela fraterniza à todos como se fossem seus, fazendo-os beber da mesma fonte as lagrimas geradas pelo seu coração. Enquanto nas margens da baia da nossa querida floripa brota em suas terras uma selva de pedras que se alastra aos seus pés e maquinas mortíferas que jorram poluentes que só lhe fazem sofrer, ela de sua parte, recebe filhos de outras ilhas de braços abertos demostrando que todos somos iguais, para ela não existe sexo credo ou cor, pois quem vem à ela é recebido e alimentado com as suas proteínas e suas águas cristalinas com o mesmo amor.



Autor: Caire barcelos