sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

" VIDA MALVADA "

A tristeza pairada sobre mim, revela que a
vida quis assim.
Não que eu não tenha lutado, ao contrário,
eu lutei e lutei um bocado.
Mas tudo que eu fazia, eu era derrotado.

Cheguei a pensar, que era destino, ou um
fardo a carregar.
A vida dando rasteira, não dava tempo de
respirar.
Ela tirava todo meu sono me deixando
cansado, para que eu não pudesse pensar.
Ela fazia de tudo um pouco, e não me
deixava ir além, parecia me controlar,
não me deixando ser alguém.

Há! vida malvada, me dá um tempo para
respirar.
Me deixa seguir meu caminho, me deixa
ao menos tentar, quem sabe dessa maneira
eu pare de apanhar.



Autor: Cairê barcelos