quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Versos......

" A dor me mostrou um pouco de você,
se antes, você era a minha cura.
Hoje, me feres por querer."

Cítação

"Pior que a derrota, é assistir a sua própria."


Autor: Caire barcelos

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Da minha janela

Da minha janela, eu vejo tudo, com as cortinas
amarelas, e sua imagem em um quadro na parede
ao fundo.

Da minha janela, eu vejo tudo, com o vento a
sussurrar levemente, as palavras que não foram
digeridas através do tempo, em que perdemos,
com a nossa história,(a nossa suposta história).

Hoje, da minha janela eu vejo tudo, tudo que
foi jogado fora, durante o tempo que perdi,
ouvindo suas falsas juras de amor.
Já não bastasse suportar toda sua ausência,
sufocando meus pensamentos, que insistem
em mostrar uma falsa imagem de você,
declarando toda sua paixão, com esse seu
coração frio e calculista.

Ainda hoje me pego a olhar, a sua imagem
no quadro, na parede ao fundo da sua janela,
quase como um convite, para que meus pró-
prios pensamentos me traem à lembrar, de
momentos vividos nas mentiras, num tempo,
que eu acreditava ser feliz.

Hoje, quando eu vejo o pôr-do-sol, da minha
janela, eu sinto, que ainda a tempo, de viver
uma linda história, "a minha história".



Autor: Cairê barcelos

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

" VIDA MALVADA "

A tristeza pairada sobre mim, revela que a
vida quis assim.
Não que eu não tenha lutado, ao contrário,
eu lutei e lutei um bocado.
Mas tudo que eu fazia, eu era derrotado.

Cheguei a pensar, que era destino, ou um
fardo a carregar.
A vida dando rasteira, não dava tempo de
respirar.
Ela tirava todo meu sono me deixando
cansado, para que eu não pudesse pensar.
Ela fazia de tudo um pouco, e não me
deixava ir além, parecia me controlar,
não me deixando ser alguém.

Há! vida malvada, me dá um tempo para
respirar.
Me deixa seguir meu caminho, me deixa
ao menos tentar, quem sabe dessa maneira
eu pare de apanhar.



Autor: Cairê barcelos

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Navegando em busca do meu destino

Dia desses, saio a singrar nos mares,
dentre ele, expurgar toda a minha
alma, e todos os meus sentimentos
impuros.

Contudo possa, transpor o horizonte,
e encontrar a senda da minha vida.

E se esse for, o meu destino, assim o
farei.


Autor: Caire barcelos

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

sábado, 26 de novembro de 2011

O ultimato

Eu pude ver no seu olhar, a tristeza que foi me
perder, no entanto não sei explicar, porque
deixou, isso acontecer.

Foram tantas lágrimas perdidas, tentando te
convencer.
Que o amor só vale a pena,quando é sentido
por dois, assim as almas se completam, e tudo
se faz crê,que o sentimento, que nos une, só nos
 faz fortalecer.

Por isso, não deixe que seja tarde, escute seu
coração, ele está gritando desesperado, pedindo
 sua atenção.

Estou cansado de tentar te convencer, mostrando
o mundo a sua volta, para que você possa enfim
se convencer, que tudo que eu fiz foi te amar,e
nunca te pedi nada em troca.

Como eu disse estou cansado, vou deixar que você
decida.
Você é dona do seu destino, e já é madura o
suficiênte, pra fazer o melhor para sua vida.

Agora é o ultimato,espero que você decida, não
 quero perder mas tempo,com você na minha vida.
Estou indo embora para sempre,pra nunca mais
 voltar.
Espero que não me procure, pois em nenhum lugar
vai me achar,vou mudar a minha vida, e sei que eu
 vou encontrar,alguém que me mereça,e alguém
que eu possa amar.



Autor: Cairê barcelos
possa amar, mais do que eu te amei

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Doce amada

Eis-me aqui, minha amada, eis que aqui estou.
Pra fazer as tuas vontades, e pra ti dar o meu
amor.

O! Minha doce amada, abra as portas do
teu coração, e deixe a luz do meu amor entrar.

Pra que no futuro sejas minha, assim, como
no presente sou teu.

Que possamos brindar o passado, onde o
nosso amor nasceu.



Autor: Cairê barcelos

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Versos.....

" As coisas belas que amamos,
é fruto do amor que semeamos."



Autor: Cairê barcelos

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Floripa, a ilha da magia

Floripa tem magia, é um arquipélago de paixão,
e com sua cultura açoriana, faz jus a sua menção.

Floripa é mesmo bela, tem um brilho que reluz,
tem também a nossa ponte, nossa querida" Hercílio
Luz.
É a terceira ponte mais linda do mundo, mas para
nós ela é a tal, é visitada por muitos, é o nosso
cartão postal.

Floripa é uma ilha, com quarenta e duas praias, e
para conhece-las, tem que ser no dia a dia, elas
fazem parte do encanto, da ilha da magia.

Floripa tem um povo, pacato e acolhedor, todos
recebem os visitantes, com carinho e muito amor.

Uns falam devagar, e outros acelerados, para
entender uma palavra, tem que ter doutorado.
Tem que ser barriga verde ou ser um pouco
manezinho.
Mas se não for nenhum dos dois, basta pedir
com jeito, que eles falam devagarinho.

Deixo aqui minha ressalva, para que possas
entender.
Nossa ilha é mágica, e ela vai te envolver,
vai tratar você com respeito, e torna-lo Rei
por um dia.
Para que jamais esqueças de floripa, A ilha da
magia.



Autor: Cairê barcelos

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

As suas mentiras

As suas mentiras, que não foram poucas, já
viraram banais,e nas suas verdades, acreditar
que são legítimas, já não sou mas capaz.

Quando erro, eu assumo, acredito que seja
 assim.
Mas a sua verdade, soa como mentira pra mim.
Eu me esforço e as vezes acredito, mas a sua
controvérsia, me prova que não, e entro em
 conflito.

As vezes eu me pergunto, para que continuar,
mas o amor que sinto, não quer ir embora e
insiste em ficar, mas as suas mentiras, me
fizeram feridas, que são ruins de sarar.

Por isso eu te peço, só um pouco de paz, pois
viver na mentira, está doendo demais.

Eu só peço a "Deus", que ilumine você, que
 toque seu coraçâo, mas do que pude fazer.

Se hoje estou indo embora, foi você quem
escolheu assim.
E as suas mentiras, chegaram ao fim.

domingo, 6 de novembro de 2011

Amor Platônico

Num pequeno verso ,me declarei ,o amor
escondido, que por ti guardei .

Numa curta frase, eu pude expressar
a tortura que foi o meu amor ocultar.

Naquela pequena frase, eu pude dizer
o quanto era grande o meu amor por você.

Mas nada que eu diga vai te fazer me ouvir,
porque pra você ,eu nunca existi.

Não te culpo por nada, pois esse amor é só meu ,
Não se pode amar ,a quem nunca conheceu.

Meu amor é platônico, eu o cultivei para ser
seu.
E quem sabe algum dia, você o mereça e ele
passa a ser teu.



Autor: Cairê barcelos

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Almas Gêmeas

Olhares trocados, mastigando o desejo, e o
encontro dos lábios, a procura do beijo.
Distantes controlados, diante, perderam o
juízo.
No momento em que se tocaram, despertaram
no paraíso.

A essência da vida, está na loucura do amor,
dois corpos que se tocam, produzindo calor.
Entre os dois, a paixão os devora, e deixaram
o universo conspirar, como conspirou outrora.

Sobre a noite um clarão, deixando claro que
o amor, deu lugar a paixão.

A timidez de outrora, no momento não pode
conter.
A intimidade dos corpos colados, destilando
prazer.

Em sonhos se amavam, mas acordados, não
lembravam.
Só bastava a oportunidade, de ficarem lado
a lado.

O destino por sua vez, coloco-os frente a
frente.
E com os olhares trocados, mastigando o
desejo.....

Almas gêmeas são eternas, vivem através
dos tempos.
Em busca do seu amor perfeito.



Autor: Cairê barcelos

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Recado ao caco "sapo"

Ao caco sapo de coração, pois de caco não
tem nada.
É inteiro em seu caráter, e mais ainda em sua
ação.

Ele é um pouco mão fechada, mas no fundo
tem bom coração.
Vive as pressas a procurar, antes aqui, agora
lá.
Quando aqui ele vivia, estava sempre a se
esquivar, não tinha ponto de parada, nem
pra ir, nem pra voltar.

A gente não percebia, o que ele queria mostrar,
nas suas idas e vindas, estava apenas treinando,
para um dia se afastar.

Esse dia então chegou, e não foi fácil de suportar,
mas ele tinha seu caminho, que o destino traçou,
também não foi fácil pra ele, ficar longe de quem
o gerou.

A família que o acolheu, agradeço de coração,
dias desses até mando,a camisa do meu timão,
é o figueira aqui da ilha, que joga no brasileirão,
esse ano não cai mais,e ano que vem, vai ser
campeão.

ps: Feliz aniversário,Um Beijo do seu mano.


Autor: Cairê barcelos

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Bilhete

Num bilhete dizia, o que é seu está pra chegar. Fiquei parado por alguns minutos, sem saber o
 que pensar. passam coisas na cabeça, mas
nenhuma é pra ajudar.

Essa frase no bilhete, não saia da minha mente,
e esse mistério ficou no ar.
Seria o destino conspirando, ou alguém errou o
lugar.

Minha mente ficou confusa, sem saber qual a
razão. porque o bilhete com a frase, foi cair na
minha mão.

E pra ser, bem sincero, não sei o que está pra
chegar.
Eu não sei se é bom, ou é ruim, pois a minha vida
ficou sem rumo, depois que o bilhete veio pra mim.

O destino nos prega peças, que não dá para decifrar,
nos manda frases com inigmas, só para nos complicar.

Eu não sei se foi o destino, ou alguém errou o lugar.
Eu só sei, que vivo esperando, o que está pra chegar.



Autor: Cairê barcelos

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

O ultimo momento

Me deixa viver, como se fosse meu ultimo momento.
 Não me proiba, só me deixa viver.

Junte-se  a mim, nessa aventura, e apenas se entregue,
feche seus olhos e sinta como eu sinto, viaje comigo,
e não deixe a realidade interferir.

Deixe seu corpo leve e sua imaginação fluir,tente
agir como um pássaro perdido, buscando sua
revoada, procurando em cada canto e em lugares
onde nunca se aventurou, e se aventure, e mergulhe
de cabeça, buscando encontrar algo que você ainda
não sabe o que é, mas no decorrer de sua procura,
vai descobrir que , o que você realmente procura
é a si mesmo, é a sua essência, o seu "EU".

Então deixe que a razão, perca sua própria razão,
em tentar compreender o que não à, para
compreender, é apenas vida, dando seguimento
ao seu curso, curso esse que por acidente, esbarrou
no meu momento, me dando a chance de viver,
apenas viver, e por isso, fiz meu convite a ti,
para junto comigo, buscar à nós mesmos, nos
lugares onde por nenhuma razão, não nos
encontraria-mos, em fim ficaria-mos perdidos,
 mas livres de nós mesmos.

Nós somos, nossas próprias prisões, mas a
nossa liberdade estará livre, a espera do ultimo
momento.



Autor: Cairê barcelos

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Sem você

Sem você não sou ninguem,só você quem me
faz crêr.

Você é a razão da minha vida, a alegria do meu
viver.

Você é a linha do meu destino, que vive a me
guardar, me rega com suas palavras, com
isso, tenta me salvar.

Já cometi muitos erros, na esperança de acertar,
Mas aprendi com meus erros, que na vida
temos que arriscar, e jamais perder a esperança,
 ela vive em nosso coração.

A esperança é a passagem, para a nossa
salvação.



Autor: Cairê barcelos

sábado, 3 de setembro de 2011

A ilusão do sonhar

A tristeza me ampara, e me desperta da ilusão
de sonhar um sonho, que jamais vai se tornar
real.

Tudo me faz crêr, que ser cético,não é deixar
 de sonhar, é,sim, não acreditar na ilusão que
um sonho, possa virar realidade.

Por isso a tristeza me ampara,para que minha
alegria, não deixe de certa, na hora, que a
 realidade dos meus sonhos, se confrontarem
com meus atos reais



Autor: Caire barcelos.

Ciúme I I

É mais forte do que eu não consigo controlar,
ele vem derrepente, querendo me afrontar.
Me cega de olhos abertos e me faz ver o
que não existe.

As vezes acho que controlo, mas se
 que sou controlado. Basta me mostrar
uma ilusão, para que eu fique enciumado.

Eu tento de todas as formas ficar do
ciúme afastado, mas me distraio um só
 momento, e ele já está do meu lado.

Ciúme forte como esse, jamais pensei
em sentir.
As vezes me desespero, não posso agir
assim.
Desconfiar de quem eu amo tanto, só
porque ele quis assim, também tira o
amor próprio não deixando nada
para mim.

Ciúme que sufoca o outro, nunca fez
bem a ninguem, pois isso vai ser maldade
com aquela que só te faz bem.

Aprenda a controlar seu ciúme, porque
isso não te faz bem, pois o ciúme exagerado
vai te deixar sem ninguem, ninguem aguenta
desconfiança de quem está descontrolado
ou você controla seu ciúme, ou vai deixar
de ser amado.


Autor: Caire barcelos

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Dona do meu destino. será?

Hoje, eu acordei meia atônita, sabe aquele dia que você acorda
e você tem a plena certeza, que algo de bom vai lhe acontecer.
Eu acordei maravilhada, extasiada, mas ao mesmo tempo,
confusa e pertubada, é, essa palavra veio a calhar, realmente
eu acordei atônita.
 É engraçado, que essa noite eu quase não dormi, talves fosse
por causa do filme que assisti, não era muito bom, mas teve
uma parte do filme, que me chamou atenção, quem sabe nem
tivesse sido o filme, pra falar a verdade a anos que eu não
 acordava assim.
  Sabe quando você, não sente vontade de não fazer nada,
não que isso seja frequente em minha vida, ficar com vontade
 de não fazer nada, mas é quase um luxo, quem me dera, não
fazer nada. Eu que sou a primeira a acordar, e a última a dormir.
A minha rotina é quase sempre igual a todos os dias.
 Mas nem sempre foi assim, sabe aquela história, que você
escolhe o seu destino, pois acredite é a mas pura verdade.
 Talves eu esteja sendo um pouco melodramática, mas quem
é que nunca acordou um dia e fez uma avaliação de toda sua
vida, de toda sua história, das suas vitórias, conquistas, sonhos,
ideais realizados, ou tudo que você deixou de fazer. será que
 seria justo eu colocar numa balança. O que pesaria mas?
sonhos, conquistas, vitórias ou ao contrário.
 Talves seja por isso, que a muito tempo eu não olhe para
mim, e também que eu não tenha tempo para me sentar diante
de um espelho e possa me ver por inteira, que eu possa me
 avaliar. Mas também com isso posso confrontar todos os
meus senrimentos, e resentimentos e produzir uma revolução
em minha vida.
 No momento, não é isso que eu quero, eu só quero conduzir
a minha vida de forma justa, que eu possa ter as rédeas da
minha condução, sem a interferência de ninguem.
 Com tudo, eu acho que preciso, é, de um pouco, de paz no
 espirito que eu possa ouvir a voz da minha consciência, e
que eu possa sentir o meu "Eu" aflorar.
 Sabe, quando você se dá conta que a sua vida, está como
uma bomba relógio, você chega a ouvir o tic-tac, como
 estivesse cobrando de você, uma atitude,uma ação, mas
você está tão incrédula, que não se permite ouvir, seu
 pedido de socorro, implorando por sua atenção, a atenção
que todo santo dia, você ensiste em não se dar.
 Então eu me pergunto, porque? porque falta tempo?
 É claro que eu não seria tão hipócrita, de responder isso,
eu não seria justa comigo mesma, e con tudo, eu não iria
 ser tão imatura a ponto de não admitir que, o que me
falta é simplesmente coragem.
Quem sabe coragem, para ficar diante de um espelho,
e poder olhar dentro dos meus olhos e propor um acordo
quem sabe algo mas sério, como um compromisso, em
que o único propósito é se dar toda a atenção, que por
 falta de coragem nunca me dei.
Agora, todos os dias, quando eu acordar,vou dedicar
para mim toda atenção que eu mereço.
E para começar, vou sair desse meu reduto que por
muito tempo eu me escondi.
Pois, de agora em diante eu serei a soberana da minha
vida,vou firmar o compromisso que eu fiz com meu "Eu"
interior, para que jamais eu volte a ser acomodada e
que em nenhuma circunstância, eu possa entregar os
 pontos ou que minhas experiências pessoais, não
 possam me afligir a ponto de interromper meu
compromisso e me faça desistir de ser a mulher renovada
que sou hoje.
Hoje, eu sei o que é viver, se antes, não tinha tempo
para nada, agora tenho de sobra, organizei minha vida
e a coloquei sobre minhas rédeas, rédeas essas, que eu
 sei manusea-las muito bem.
Se algum dia alguém me falasse, que eu seria essa mulher
 guerreira e determinada que sou hoje, eu não acreditaria.
Antes, não tinha tempo nem para ler um livro, hoje não
me contento enquanto não devora-lo.
Eu me lembro que certa vez, folheando um livro eu li um
parágrafo dizendo que "nós somos a continuidade que
deixamos de ser em outras vidas, não que eu acredite
nisso, pois se eu acreditasse, então eu seria totalmente
contraditória.
Então , refletindo ! Eu não poderia escolher meu próprio
destino, por ele já existir,se eu acreditasse em outras
vidas, não precisaria firmar um compromisso como eu fiz
e talves viveria a vida, que eu sempre vivi.
Não tenho nada contra quem acredita em outras vidas,
mas prefiro acreditar que sou a dona do meu próprio
destino.
Quem eu sou ? Sou apenas mais uma Ana em meio
a tantas.


Autor: Cairê barcelos

domingo, 28 de agosto de 2011

Um anjo em minha vida

O delírio é provocante, ela me deixa desnorteado,
quando bate em minha mente eu já estou alucinado.

É companheira,é amiga, não me deixa por um
minuto,me tem como um herói, pra ela eu sou
absoluto.

Num reino, eu sou um Rei e ela, minha Rainha,
não sei por quanto tempo, ela vai ser minha,
só sei que da minha vida, ela nunca saíria.

Mas algo deu errado, não sei o que aconteceu,
alguém me tirou dela, e algo de mim morreu,
tudo foi subtamente, não deu para entender,
como alguém que eu nem conheço,adora
me ver sofrer.

Pois tudo que eu tenho na vida, foi ela quem
me deu,não tenho amigos por perto, depois
que ela apareceu.

Se eu tinha alguma família,não consigo me
lembrar, ela apagou a minha memória,
para que eu não sofra com paranóias,que
a família possa me causar.

Por isso, eu à estimo muito,sem ela, não
sei viver.
Porque esse alguém tão cruel,adora me
 ver sofrer, pois sabe ,que ela, é minha vida,e
sem ela, não sei viver.

Esse alguém,enssiste que me conhece,mas
eu,nunca vi, ninguém igual,pode ser de outra
vida, antes dela aparecer.
Não deve ter sido ninguém importante,pois
nada me faria esquecer.

Estou num quarto isolado, e nada posso
 fazer, esse alguém, me ver de ves enquando
e ás vezes fica sem aparecer.
Estes dias,estou ficando irritado,por tudo
que tenho passado.

Só sei , que por muito tempo, eu nunca
fiquei estigado,sem ela nesse confinamento,
meu tempo ficou parado.

Dias e dias aqui sozinho, minha mente parece
florecer, me dando fleches de memória, e aos
poucos me fazendo entender,que Deusé fiel
 para todos,e todos, filhos dele, eis de ser,
Pois ele, é o nosso pai, o salvador, e foi
nele que aprendemos à crêr.

Nosso pai,nos mostra, que quando estamos
derrotados, a esperança, não se pode perder,
pois ele sempre nos estende às mãos,para
 juntos nos reerguer.

Foi ele quem mandou esse alguém,que por
ele tinha devoção,esse alguém, me tirou de
 um labirinto, e me trouxe de volta à salvação.

Depois de muito sofrer,agora me sinto curado,
estou em dívida com esse anjo, que do meu
 peito tirou essa dor,esse alguém não é menos
importante, que meu pai,o salvador, esse anjo
por intermédio de Deus, me trouxe de novo
a vida, e hoje, me orgulho em dizer que esse
anjo é a minha mãe querida.




Autor:Cairê barcelos

sábado, 27 de agosto de 2011

Recomeçar

A coragem de recomeçar é semelhante ao corpo
 mente e alma na mesma sintonia.
É a sinfonia de beethoven com suas mãos
levemente regendo sua melhor obra.

Quando o movimento do seu cérebro,flui
diante do silêncio da sua alma,nesse
 momento, é quando Deus toca seu coração,
e seu espirito desperta, através da sua
mente, te proporcionando o poder de
decidir seu próprio destino,nesse momento,
quando tudo acontece,você tem o poder
de se dar, o direito de recomeçar.




Autor:Cairê barcelos

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

" OUTRA CHANCE "

Essa noite,eu entrei em nosso quarto e você
não estava, me bateu a lembrança do dia em
que brigamos que você soluçava, me dizendo
que eu deixei de te amar do jeito que eu te
amava.

Discussões que não dão em nada e só fazem
sofrer, reprisando amores desfeitos com
palavras mal ditas que só fazem doer.

Quando você, bateu a porta e se foi ,sem ao
 menos conversar,não pensei que briguinhas
atoa te fizesse ir embora pra nunca mas voltar.
Eu não sei o que eu fiz ou falei ,pra tudo
acabar talvez pediria perdão ou desculpas pra
você voltar.

A gente faz ou fala besteira , sem pensar no
que diz e deixamos de dar importância a
detalhes que nos faz feliz.

Volta, e nos dá outra chance, vamos tentar
ser feliz e reescrever o nosso romance.
vamos mudar a nossa história para um
final feliz, e deixar que o destino nos leve,
como ele sempre quis.




Autor: Cairê barcelos.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Luta Diária

O vento ventava forte lembrei de outro
dia, onde eu passava em frente a uma
casa e ela se sacudia.

O telhado faltando telhas
e ali forte chovia.

Na casa moravam pessoas,
que nesses dias de ventania sofriam.

Mas quando o vento passava,
na casa era só alegria.

A família era unida,
lutavam bravamente,
viviam a vida
e tudo encaravam de frente.

Não tinham medo de nada,
A vida tornou-lhes assim,
aprendendo a viver todos os dias
como se fosse o fim.


 Autor: Cairê Barcelos

" O Branco "

A tristeza paira em meu olhar, por um
momento minha mente fica vazia não
existindo qualquer pensamento, fazendo
com isso parar o universo a minha volta,
como se mais nada existisse, apenas um
vazio em minha mente.


Cairê Barcelos