quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Navegando em busca do meu destino

Dia desses, saio a singrar nos mares,
dentre ele, expurgar toda a minha
alma, e todos os meus sentimentos
impuros.

Contudo possa, transpor o horizonte,
e encontrar a senda da minha vida.

E se esse for, o meu destino, assim o
farei.


Autor: Caire barcelos

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

sábado, 26 de novembro de 2011

O ultimato

Eu pude ver no seu olhar, a tristeza que foi me
perder, no entanto não sei explicar, porque
deixou, isso acontecer.

Foram tantas lágrimas perdidas, tentando te
convencer.
Que o amor só vale a pena,quando é sentido
por dois, assim as almas se completam, e tudo
se faz crê,que o sentimento, que nos une, só nos
 faz fortalecer.

Por isso, não deixe que seja tarde, escute seu
coração, ele está gritando desesperado, pedindo
 sua atenção.

Estou cansado de tentar te convencer, mostrando
o mundo a sua volta, para que você possa enfim
se convencer, que tudo que eu fiz foi te amar,e
nunca te pedi nada em troca.

Como eu disse estou cansado, vou deixar que você
decida.
Você é dona do seu destino, e já é madura o
suficiênte, pra fazer o melhor para sua vida.

Agora é o ultimato,espero que você decida, não
 quero perder mas tempo,com você na minha vida.
Estou indo embora para sempre,pra nunca mais
 voltar.
Espero que não me procure, pois em nenhum lugar
vai me achar,vou mudar a minha vida, e sei que eu
 vou encontrar,alguém que me mereça,e alguém
que eu possa amar.



Autor: Cairê barcelos
possa amar, mais do que eu te amei

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Doce amada

Eis-me aqui, minha amada, eis que aqui estou.
Pra fazer as tuas vontades, e pra ti dar o meu
amor.

O! Minha doce amada, abra as portas do
teu coração, e deixe a luz do meu amor entrar.

Pra que no futuro sejas minha, assim, como
no presente sou teu.

Que possamos brindar o passado, onde o
nosso amor nasceu.



Autor: Cairê barcelos

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Versos.....

" As coisas belas que amamos,
é fruto do amor que semeamos."



Autor: Cairê barcelos

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Floripa, a ilha da magia

Floripa tem magia, é um arquipélago de paixão,
e com sua cultura açoriana, faz jus a sua menção.

Floripa é mesmo bela, tem um brilho que reluz,
tem também a nossa ponte, nossa querida" Hercílio
Luz.
É a terceira ponte mais linda do mundo, mas para
nós ela é a tal, é visitada por muitos, é o nosso
cartão postal.

Floripa é uma ilha, com quarenta e duas praias, e
para conhece-las, tem que ser no dia a dia, elas
fazem parte do encanto, da ilha da magia.

Floripa tem um povo, pacato e acolhedor, todos
recebem os visitantes, com carinho e muito amor.

Uns falam devagar, e outros acelerados, para
entender uma palavra, tem que ter doutorado.
Tem que ser barriga verde ou ser um pouco
manezinho.
Mas se não for nenhum dos dois, basta pedir
com jeito, que eles falam devagarinho.

Deixo aqui minha ressalva, para que possas
entender.
Nossa ilha é mágica, e ela vai te envolver,
vai tratar você com respeito, e torna-lo Rei
por um dia.
Para que jamais esqueças de floripa, A ilha da
magia.



Autor: Cairê barcelos

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

As suas mentiras

As suas mentiras, que não foram poucas, já
viraram banais,e nas suas verdades, acreditar
que são legítimas, já não sou mas capaz.

Quando erro, eu assumo, acredito que seja
 assim.
Mas a sua verdade, soa como mentira pra mim.
Eu me esforço e as vezes acredito, mas a sua
controvérsia, me prova que não, e entro em
 conflito.

As vezes eu me pergunto, para que continuar,
mas o amor que sinto, não quer ir embora e
insiste em ficar, mas as suas mentiras, me
fizeram feridas, que são ruins de sarar.

Por isso eu te peço, só um pouco de paz, pois
viver na mentira, está doendo demais.

Eu só peço a "Deus", que ilumine você, que
 toque seu coraçâo, mas do que pude fazer.

Se hoje estou indo embora, foi você quem
escolheu assim.
E as suas mentiras, chegaram ao fim.

domingo, 6 de novembro de 2011

Amor Platônico

Num pequeno verso ,me declarei ,o amor
escondido, que por ti guardei .

Numa curta frase, eu pude expressar
a tortura que foi o meu amor ocultar.

Naquela pequena frase, eu pude dizer
o quanto era grande o meu amor por você.

Mas nada que eu diga vai te fazer me ouvir,
porque pra você ,eu nunca existi.

Não te culpo por nada, pois esse amor é só meu ,
Não se pode amar ,a quem nunca conheceu.

Meu amor é platônico, eu o cultivei para ser
seu.
E quem sabe algum dia, você o mereça e ele
passa a ser teu.



Autor: Cairê barcelos