quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A TORRE e a BELA JOVEM

Em uma torre, na companhia da solidão,uma bela
jovem estava só.
Como todas as noites debruçada na janela,a esperar
um príncipe encantado, que possa subir,e salvar ela.

Mas essa noite para ela se tornou especial, pois
aprendeu a sonhar e imaginar seu sonho real.

E pela noite um jovem vagueia,sem ao menos saber
o porque, ele nem imagina,o que o destino tem a lhe
oferecer.

Uma lua enorme, ilumina a noite parecendo dia,e
entre as arvores o jovem vagueia, ouvindo uma bela
voz, que sussurra cantigas,que para ele serve como
guia.

E na torre, a bela jovem cantarola, para a enorme lua
iluminar, o caminho que o jovem vagueia, para que o
jovem encontre a torre e a ela possa salvar.

Ao chegar até a ponte, o jovem olhou para cima,então
pôde avistar, aquela bela jovem, que ao ver o belo
jovem, não parava de cantar.

A jovem então pensou, que seu sonho virou realidade,
e por um instante esqueceu,de quem a pôs ali, apenas
por pura maldade.

Numa troca de olhares ela sorriu, e seu mundo
naquele momento parou, para homenagiar, aquele
príncipe encantado,que por muito tempo ela esperou.

O príncipe encantado subiu na torre, e a bela jovem
ele salvou, e ali nasceu, uma linda história de amor.



Autor: Cairê barcelos