domingo, 6 de maio de 2012

Medo de amar

Sobre o teu olhar que me olhas, sem nada querer.

Sobre os teus gestos que gesticula, sem nada dizer.

Sobre o teu amor que preservas, para mais tarde
não sofrer.
Mas o mesmo não te impede,ele apenas te adverte,
lembrando à você que o tempo não se pode deter.

Por isso eu te peço, se entregue agora, não deixe
o tempo passar e faça o que não fez outrora,
se entregue sem medo e me diga o que você tem
pra me dizer.

Não me faça surpresa, não deixe a hora passar,
pois os minutos são preciosos e os segundos já
começei a contar, esperando a sua chegada,
esperando você se declarar.



Autor: Caire barcelos